Letras Libras Bacharel

O Curso de Letras Libras – Bacharelado permite ao acadêmico atuar como tradutor e intérprete de Libras em instituições em geral, instituições públicas, empresas diversas, serviços de assistência à saúde, escolas, inclusivas, centros culturais, associações, redes de televisão, seminários, congressos e outros serviços nos quais há presença de pessoas surdas.

Especificidades do EAD para o curso Letras Libras Bacharel

A Educação a Distância (EAD) é modalidade de ensino de amplo alcance e eficácia no processo de ensino-aprendizagem, pois encurta a distância entre aluno e professor/tutor, potencializa a democratização do ensino superior e soluciona as barreiras de espaço e tempo para quem ainda não teve a oportunidade.

Por tratar-se de Bacharelado, diferente da licenciatura, o profissional terá uma base mais fundamentada para atuar de forma mais ampla no mercado de trabalho. Ou seja, o aluno terá acesso, a distância, e com qualidade, a uma formação que ampliará seu raio de alcance quanto as oportunidades no mercado de trabalho e na cultura surda.

O Curso

O bacharel poderá inserir-se como tradutor, instrutor, consultor e prestar serviços linguísticos de diferentes tipos como revisão e redação de textos, tradução e consultoria linguística, por exemplo. O profissional de Letras Libras deve estar compromissado com a ética, a responsabilidade social e educacional e com as consequências de sua atuação no mundo do trabalho, seja este o da educação ou de outra atividade exercida no âmbito de sua formação.

O Curso de Letras Libras – Bacharelado tem por finalidade formar profissionais interculturalmente competentes, capazes de lidar de forma crítica com as linguagens, especialmente a visual e a verbal, no contexto oral e escrito, e consciente de sua inserção na sociedade e das relações com o outro. Espera-se do profissional egresso deste Curso de Letras Libras – Bacharelado o domínio do uso da Língua Portuguesa e da Língua Brasileira de Sinais, em termos de estrutura, funcionamento e manifestações culturais, além de ter consciência das variedades linguísticas e culturais. Ele deve ser capaz de refletir teoricamente sobre a linguagem, de fazer uso de novas tecnologias e de compreender sua formação profissional como processo contínuo, autônomo e permanente, sendo que a pesquisa e a extensão, além do ensino, devem articular-se nesse processo.

O Mercado

O estabelecimento gradativo da Lei de Libras (Lei 10.436/2002) na sociedade certamente fará com que novas oportunidades de trabalho se abram. Na Educação Básica e na Educação Superior, postos serão para aqueles que, além de dominarem a Língua Brasileira de Sinais, como usuários proficientes na língua, tenham o conhecimento acadêmico. A Lei de Libras assegura a presença de professores de Libras e de profissionais intérpretes nas instituições de ensino, bem como na administração pública direta e indireta. Determina ainda a inclusão do ensino de Libras nos cursos de formação de Educação Especial, Fonoaudiologia e Magistério. Enfatiza também a necessidade de que a Língua Brasileira de Sinais seja amplamente utilizada nas comunidades surdas.

Este profissional se enquadra na regulamentação do Professor da Educação Básica e, especificamente nas determinações do Decreto 5626/2005, que regulamentou a Lei de Libras (Lei 10.436/2002). A Lei de Libras 10.436/2002, regulamentada por meio do Decreto 5626/2005, prevê questões relacionadas com o professor de Libras, prescrevendo ser necessário prover as escolas com: a) professor de Libras ou instrutor de Libras; b) tradutor e intérprete de Libras – Língua Portuguesa.

Campos de Atuação

O campo de atuação do egresso do Curso de Letras Libras – Bacharelado são instituições em geral, escolas inclusivas e/ou especiais, instituições públicas, empresas diversas, serviços de assistência à saúde, centros culturais, associações, redes de televisão, seminários, congressos e outros serviços nos quais há presença de pessoas surdas e todos os níveis e em organizações diversas onde esse profissional for solicitado.

Em escolas ou em organizações o egresso do Curso de Letras Libras – Bacharelado também estará apto a planejar, implementar e coordenar projetos e programas de intepretação e tradução e trabalhar com outros profissionais que atuam com portadores de necessidades especiais, mais precisamente com portadores de surdes.

Na prática, o que você pode fazer?

Consultoria: planejar e coordenar a implementação de currículos com metodologia adequada para ensino de língua portuguesa para surdos.

Interpretação: fazer a interpretação para Libras em congressos, reuniões, conferências e juizados e promover a comunicação entre surdos e ouvintes fazendo a tradução de Libras para língua portuguesa e vice-versa.

Legendagem: fazer legendas em língua portuguesa de vídeos e filmes em Libras.

Matriz Curricular

1º Período

Leitura e Produção Textual – 100h

Fundamento da Educação de Surdos – 100h

Morfossintaxe (Morfologia) – 100h

Fonética e Fonologia – 100h

Total – 400h

2º Período

Sociolinguística – 100h

Linguística Aplicada ao Ensino de Libras – 100h

Novas Tecnologias da Educação – 100h

Conversação Intercultural – 100h

Total – 400h

3º Período

Estudos da Tradução e da Interpretação – 100h

Libras I – 100h

Libras II – 100h

Libras III – 100h

Total – 400h

4º Período

Escrita de Sinais – 100h

Psicologia das Organizações – 100h

Formação Sociocultural e Relações Étnicos-Raciais – 100h

Metodologia Cientifica – 100h

Total – 400h

5º Período

Literatura Surda – 100h

Libras Acadêmica – 100h

Laboratório em Interpretação I – 100h

Laboratório em Tradução I – 100h

Total – 400h

6º Período

Laboratório em Interpretação II – 100h

Laboratório em Tradução II – 100h

Laboratório em Interpretação III – 100h

Laboratório em Tradução III – 100h

Trabalho de Conclusão – 100h

Total – 500h


Estágio em Interpretação – 120h

Estagio em Tradução – 80h

 

 

Carga Horária Total

2700h

Atividades Complementares

120

Mostrar matriz curricular