Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Por que fazer pós-graduação em Educação Especial?

Apesar de estar inserida no plano Nacional de Educação (PNE), que determina diretrizes, metas e estratégias para a política educacional dos próximos dez anos, a educação especial e a inclusiva ainda é um desafio para muitas escolas e desperta dúvidas em alguns educadores.

Cursos e capacitações são essenciais para formação desses profissionais e, uma das opções, é cursar uma pós-graduação na área. Neste post, explicamos diferenças conceituais e listamos opções de cursos de especialização em educação especial. 

pós-graduação em educação inclusive e especial

O que é educação inclusiva?

A educação inclusiva tem seu fundamento no princípio da igualdade, previsto no Art. 5º, da Constituição Federal de 1988, que pressupõe que as pessoas colocadas em situações diferentes, sejam tratadas de forma diferente, “tratando igualmente os iguais e desigualmente os desiguais, na exata medida de suas desigualdades.”

Trata-se de reconhecer e valorizar as diferenças, sem qualquer exceção ou discriminação com base em raça, cor, sexo, língua, religião, opiniões políticas, origem social ou nacional, estado de saúde, nascimento ou outra situação que diga respeito à pessoa com deficiência ou à sua família.

Essa modalidade de ensino tem como principal característica a convivência e o aprendizado de alunos com e sem deficiência.

O que é educação especial?

Educação especial é uma modalidade de ensino que tem como objetivo principal promover o aprendizado e o desenvolvimento das habilidades das pessoas com deficiência, em escolas regulares ou especializadas, em todos os níveis e graus do sistema de ensino.

Na educação especial são recebidos preferencialmente alunos com deficiências ou altas habilidades.

A educação especial no Brasil

Segundo o “Manual Informativo sobre Inclusão: informativo para educadores”, escrito pela psicóloga Marina Almeida, a maioria das escolas regulares no Brasil não está preparada para receber e ensinar alunos com deficiência, devido a problemas de infraestrutura e formação profissional da equipe.

A lógica dessa afirmação é simples: faltam profissionais capacitados e projetos de acessibilidade compatíveis à realidade desses alunos, tanto em instituições particulares, quanto nas públicas. Isso faz com que se multipliquem as escolas especiais e a busca por profissionais de ensino e apoio para complementar o ensino dos alunos.

pós-graduação em educação inclusive e especial

Por que se especializar?

Receber um aluno com deficiência em uma escola regular exige algumas adaptações, tanto na estrutura física da escola, quanto na dinâmica de ensino e aprendizagem. Além disso, muitos professores têm dúvidas sobre o processo de inclusão. E, para que essa prática se dê da melhor forma possível, é essencial que o profissional conheça o aluno e entenda sobre a sua deficiência.

Esse são alguns motivos que levaram a um aumento, nos últimos anos, da busca por capacitação em educação especial. Listamos alguns motivos que devem ser considerados no momento da escolha do curso de pós-graduação. Confira:

  • O professor especialista em educação especial possui a habilidade de construir e adaptar as matrizes curriculares utilizando técnicas e ferramentas que melhor se adequem às características dos alunos, alcançando, assim, um maior grau de eficiência.
  • Inclusão na educação é a melhor forma de possibilitar aos alunos com deficiência o desempenho de suas habilidades e a formação cidadã.
  • A especialização em educação especial é uma importante ferramenta para vencer os desafios na educação regular e inclusiva, auxiliando o profissional à resolução de inúmeras questões relacionadas ao dia a dia nas escolas.
  • A valorização profissional é um reflexo dessa especialização, que tem um mercado de trabalho em expansão no país. Afinal, o especialista tem conhecimento legal e histórico, além de um posicionamento assertivo com relação ao trabalho com a diversidade na sala de aula.
  • Essa especialização pode ser um grande diferencial no currículo. E, ainda, há uma vantagem competitiva, caso você se inscreva em concursos públicos ou busque uma colocação nos setores públicos. Cursos de pós-graduação costumam somar pontos nas provas de títulos ou são importantes para promoções em planos de carreira.

A pós-graduação em Educação Especial

Professores precisam se atualizar constantemente. E, em um segmento com tantas oportunidades e tão poucos profissionais qualificados, essa necessidade torna-se ainda mais importante.

Para atender essa demanda e assessorar os profissionais na busca pelas competências e habilitação para instrução de alunos com deficiência, a Faculdade Eficaz oferece cursos de pós-graduação em educação especial e inclusiva. São diversas opções, com carga horária de, aproximadamente, 450 horas.

Clique nos títulos e saiba mais sobre os cursos:

Esse conteúdo foi útil?
3.89 avg. rating (77% score) - 9 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *