Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Os 7 pecados capitais do design gráfico

O designer gráfico é um profissional que atua no desenvolvimento do estilo visual de jornais, revistas, livros, anúncios, outdoors, etc., sem contar a criação de logomarcas e a construção da identidade visual de empresas dos mais diversos tipos. O principal objetivo desse profissional é fazer com que suas criações consigam atrair e transmitir uma mensagem de forma criativa, clara e objetiva.

Como em qualquer área de atuação, existem profissionais que deixam a desejar na execução dos seus trabalhos, e, para que você não seja um deles, confira a lista que preparamos com os 7 pecados capitais do design gráfico.

pecados capitais do design gráfico

1. Erros de português

Não adianta nada se dedicar horas para a criação de uma bela arte e agir de forma negligente na hora de escrever o texto. Sabe por quê? Porque um erro de português chama muito a atenção e pode, por si só, arruinar um trabalho brilhante.

Antes de enviar um material para impressão, confira com calma o conteúdo escrito e, se possível, mande-o para a revisão de um terceiro. Na maioria das vezes, o autor do conteúdo acaba tendo dificuldade de identificar os seus erros porque lê sua produção no modo automático, e é aí que ele corre o risco de cometer esse, que é um dos pecados capitais do design gráfico. É preciso ter cuidado, também, com erros no endereço, telefone, etc.

2. Fontes extravagantes

A escolha da fonte é um ponto crítico de um projeto, por isso, opte por aquelas que combinem esteticamente com a arte desenvolvida e que não prejudiquem a leitura do conteúdo.

3. Abuso de sombras e degradês

Cuidado para não se entusiasmar com as funcionalidades das ferramentas de criação e abusar de sombras, degradês e outros recursos. Inspire-se em empresas que têm uma identidade visual de sucesso e você estará no caminho certo, longe dos pecados capitais do design gráfico.

4. Excesso de informação

O excesso de informação polui a arte e acaba prejudicando a comunicação. As informações devem ser transmitidas de forma clara, por isso, tenha sempre em mente o objetivo que você pretende alcançar e não perca o foco com informações desnecessárias.

pecados capitais do design gráfico

5. Falta de informação

Se o excesso de informação é um problema, a falta delas também pode ser. Não adianta criar um material pensando em uma mensagem que não será transmitida com clareza.

6. Falha na comunicação com o público-alvo

Usar o tom apropriado para se comunicar com o seu público-alvo é um aspecto muito importante para os projetos do design gráfico. Esse tom está contido na linguagem, na arte, na escolha das cores, etc.

É fundamental entender quem é o público-alvo do seu projeto e encontrar a maneira correta de se comunicar com ele para não cometer esse erro, que é um dos pecados capitais do design gráfico. Usar uma arte ou uma linguagem jovial e descolada para vender um produto para empresários de sucesso, por exemplo, não vai funcionar.

7. Erro nas cores

Muitas vezes, a calibragem das cores da sua máquina não corresponde perfeitamente à da máquina da gráfica, e, por essa razão, é importante pedir uma prova da impressão sempre que possível e ter muito cuidado para não errar no esquema de cores e no contraste.

E você, já cometeu alguns desses pecados capitais do design gráfico? Conhece algum outro? Compartilhe conosco pelos comentários e até a próxima.

Leia também:

Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *