Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Coronavírus, Dengue e Sarampo: as epidemias que merecem atenção

Recentemente, tivemos contato com massivas informações sobre epidemias e pandemias que afetam nosso país. A mais recente tem sido a pandemia de coronavírus, iniciada globalmente em dezembro, chegando em fevereiro no Brasil. Porém, outras duas doenças também preocupam a população: a de dengue e a de sarampo.

Todas elas possuem formas diferentes de transmissão, sintomas diferentes e tratamentos diferentes, formas de epidemias diferentes, mas elas têm uma coisa em comum: o transtorno que todas causam na sociedade, na economia e no sistema de saúde. 

Para se ligar em todas as informações sobre elas e aprender as formas de prevenção, continua lendo aqui que preparamos um texto especial!

Coronavírus

Coronavírus é provavelmente a doença que mais temos ouvido ultimamente. Ela passou de epidemia para pandemia na semana passada e vem infectando milhões no país todo.

Fizemos um blog dedicado a esse tema, e as recomendações devem ser seguidas para evitar ainda mais o avanço da doença.

Dentre as principais formas de prevenção, podemos citar:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos;

– Não tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Esse é um vírus com transmissão pelo ar, então é imprescindível evitar contato, aproximação e, principalmente, aglomerações durante a pandemia. Os sintomas dessa doença incluem tosse seca, febre alta, fadiga, cansaço, e, em alguns casos, diarreia.

Dengue

A Dengue é uma doença com um grande impacto mundial, mas que entrou em epidemia no estado do Paraná nos últimos meses. A transmissão dessa doença é feita pelo mosquito Aedes Aegypti, e existe uma grande força tarefa para extinguir os focos desse mosquito. Todos nós devemos fazer a nossa parte.

Para evitar o contágio e tentar diminuir o surto dessa doença, as principais formas de prevenção são:

– Evitar o acúmulo de água;

– Colocar tela nas janelas;

– Colocar areia nos vasos de plantas;

– Limpe as calhas;

– Use sempre repelente;

– Tome a vacina.

Essa é uma doença que precisa da ajuda de todos. Um pequeno foco de Dengue em um local isolado, pode trazer caos para toda uma vizinhança e se espalhar para outros locais. Portanto, cada um tem o dever de contribuir com as recomendações.

Os sintomas da Dengue podem incluir febre alta com início repentino, forte dor de cabeça, dor atrás dos olhos, manchas e erupções na pele, cansaço, moleza e dor no corpo, muitas dores nos ossos e articulações, náuseas e vômitos. Na maioria dos casos, os sintomas passam com o tempo, mas ela é uma doença agressiva que, em casos extremos, pode causar alteração na coagulação sanguínea (dengue hemorrágica) e até a morte.

Sarampo

O sarampo ressurgiu depois de décadas desaparecido, e sofreu um surto no Brasil por ter um altíssimo contágio. Apesar do surto da doença, ela ainda não alcançou a categoria de epidemia, mas mesmo assim merece atenção. É uma doença presente na infância, mas que vem infectando jovens adultos em massa.

A forma mais segura e garantida de prevenção é através da vacina. Portanto, não deixe de se vacinar, procure um postinho mais próximo com a sua carteirinha em mãos.

A transmissão ocorre de pessoa a pessoa por via aérea, ao tossir, espirrar, falar, respirar. Ela é tão contagiosa que pode ser transmitida por uma pessoa infectada para 90% das pessoas próximas.

O sarampo é uma doença grave que pode deixar sequelas e até causar óbito. Os sintomas incluem febre, tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo, mal estar intenso e manchas vermelhas na pele. 

A prevenção depende de todos

Essas três doenças, incluindo as epidemias, podem ser vencidas com união e responsabilidade! Seguindo todas as recomendações, formas de prevenção e vacinas para evitar o contágio, nós conseguiremos passar dessas epidemias juntos!

São pequenas atitudes que fazem uma diferença gigantesca na sociedade. Vamos participar dessa prevenção?

Esse conteúdo foi útil?
5.00 avg. rating (90% score) - 1 vote

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe esse artigo