Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Procura vagas de estágio? Veja 7 passos para conseguir a sua!

Após ingressar em uma faculdade, é natural que o estudante decida conseguir um estágio para praticar seus conhecimentos e ganhar horas extracurriculares.

Esse período de trabalho é importante para a formação do universitário e será um diferencial quando procurar emprego, depois de formado.

Você sabe como e onde conseguir estágio? Anote nossas dicas para encontrar a vaga certa para o seu perfil!

1. Quando posso procurar estágio?

A dica é começar a procurar o quanto antes! É claro que o primeiro ano de um curso de graduação costuma ter disciplinas introdutórias, então durante esse período pode ser cedo demais.

Porém, a partir do segundo ano de faculdade, você já terá uma boa base e estará pronto para colocar a mão na massa. A prática será ideal para firmar os conhecimentos aprendidos em sala de aula e dará a chance de vivenciar o mercado de trabalho.

Do ponto de vista da empresa, muitas vezes é melhor contratar alguém nesse período, pois terá mais tempo para treinar o estagiário. Eventualmente, ele pode continuar na empresa depois de graduado.

Verifique com a sua instituição de ensino a partir de qual período você poderá atuar como estagiário.

Não espere demais para começar a busca por uma vaga, pois elas são escassas e seus colegas podem preenchê-las antes de você.

2. Pesquise sobre a empresa

Antes da entrevista com o recrutador, faça uma pesquisa sobre a empresa. Se você pretende estagiar lá, terá que saber se é uma instituição confiável e boa de trabalhar, além da sua área de atuação e seus principais projetos.

Esse conhecimento será importante durante a entrevista. É provável que o recrutador pergunte se você já conhece a empresa e, caso tenha pesquisado antes, isso contará muitos pontos a seu favor, pois demonstrará seu interesse em conseguir o estágio.

3. Como preparar seu currículo

É comum que, no começo da faculdade, você não tenha muito para colocar no seu currículo. Mesmo assim, se atente ao essencial.

A empresa sabe que sua experiência profissional é pequena, então não se preocupe com isso. Coloque informações sobre a graduação que você está fazendo, seus objetivos profissionais e os cursos que poderão ser utilizados durante o estágio (pacote Office, pacote Adobe, fotografia, desenho). Se dominar outro idioma, é importante que esteja no currículo.

Procure um modelo pronto na internet para se basear e peça ajuda de um familiar ou amigo que já tenha passado por essa fase. Eles devem lhe auxiliar a fazer algo direto e chamativo.

4. Como se sair bem em uma entrevista

A entrevista é o temor de muitos universitários, porém, ela vale metade do seu processo seletivo, e se sair bem pode lhe garantir um estágio.

Portanto, seja você mesmo e fique tranquilo. Agir com naturalidade demonstrará para a empresa que está pronto para a vaga.

Pesquise algumas perguntas comuns em entrevistas para ter uma ideia do que poderão perguntar. Chegue com antecedência ao local e seja simpático. Imagine que está se apresentando à empresa que gostaria de passar os próximos anos.

Agir com naturalidade na sua entrevista demonstrará que você está pronto para a vaga. Foto: Nik MacMillan

5. Entenda sua condição como estagiário

Há muita chance de que seu primeiro estágio não seja em uma multinacional com uma remuneração altíssima. E não há nenhum problema com isso.

Entenda que você está começando sua carreira e o estágio vai formar as bases da sua vida profissional. Estagiar em determinada empresa não quer dizer que você terá que trabalhar lá para sempre.

Da mesma forma, começar em uma área do seu curso que, a princípio, você não gosta tanto, pode te ajudar a entender o que você irá fazer depois de formado. Você pode descobrir novas habilidades e novos interesses.

Por fim, não priorize a remuneração. Isso não quer dizer trabalhar de graça, mas não rejeite uma boa proposta apenas pelo dinheiro. Pense que será um período de aprendizado e o salário será mais um benefício disso.

Procure conversar com seus colegas de faculdade a respeito de remuneração para saber se o que você irá receber está dentro do padrão das outras empresas.

6. Tudo bem não ser contratado

É óbvio que, se você se candidatou, quer conquistar a vaga. Mas não há problema em não ser contratado logo na primeira vez.

Candidatar-se já será uma grande vivência. Você estará familiarizado com as entrevistas, aprenderá a melhorar e adaptar o currículo; tudo isso faz parte de um processo que você continuará vivendo depois de formado. Portanto, não se preocupe com o primeiro “não”. Você está no caminho certo.

7. Onde procurar vagas de estágio?

O ideal é que, primeiramente, você converse com o(s) coordenador(es) de seu curso, para entender os processos de contratação de estágio. Procure saber se a Faculdade possui alguma parceria com empresas da cidade ou até mesmo com outras instituições de ensino que “troquem” estudantes para estagiar em seus departamentos.

Você também pode fazer uma pesquisa nos portais do governo federal, estadual e municipal – a Central de Estágios no Paraná é um bom exemplo disso -. Ou ainda, procurar por agências especializadas em estágio, pois existem várias que fazem a mediação entre o estudante e a empresa, como o Proe Estágios, o Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) e a Agência Brasileira de Emprego e Estágio (Abre).  A vantagem de procurar nessas agências é que eles cuidam da parte legal do processo de contratação.

Da mesma forma, é possível conseguir estágios em sites que divulgam vagas de emprego, como a Catho, Indeed e Trabalha Brasil. Basta selecionar o filtro por opções de estágio. Você também pode encontrar oportunidades nas redes sociais, procurando por vagas no LinkedIn ou em grupos do Facebook voltados a empregos e estágio.

E aí, o que achou das nossas dicas? Está pronto para conseguir estágio?

Se quiser ver mais, separamos aqui 6 dicas pra você sair da faculdade empregado: https://faculdadeeficaz.edu.br/blog/6-dicas-para-aumentar-suas-chances-de-terminar-a-faculdade-empregado/

Não perca nenhum conteúdo assinando nossa newsletter! Até mais! 😉

Esse conteúdo foi útil?
3.00 avg. rating (67% score) - 2 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe esse artigo